prelúdio

rosaroxorubi3dPrelúdio

Prefácio à antologia de texto erótico-sensuais “Para amar em todos os tons: em rosa em roxo em rubi”

Prelúdio, preâmbulo, prefácio ou preliminar… o que vem antes. Antes do principal. Antes da brincadeira. Do ludus. Brincadeira antes do brincar. Mas o ‘ante’ do ludus é também ludus… e chega a ser maior, mais demorado que o ludus. Indispensável, diga-se, mas não inconfundível. Apenas o prelúdio não seria, em muitos casos, de per si o gran-ludus?

Ao convidar autores a editora solicitou ‘textos que versassem sobre ou apresentem conteúdo romântico-libidinoso, sensual ou erótico, que despertassem desejo, apresentassem certas insinuações, possibilitassem fantasiar, descrevessem jogos de sedução, mas não de modo literal e explícito o ato sexual ou mesmo tendessem a obscenidade’.

Solicitou-se, então, textos em três níveis diferentes rosa (romântico-libidinoso), roxo (sensual) e rubi (erótico). O livro teria três partes bem demarcadas, mas… que graça teria? Os limites são por demais tênues e bem relativos, cabe ao leitor dizer o que mais lhe é rosa, roxo ou rubi.

Vamos aos textos, pois o prefácio aqui deve ser curto. Discreto. Dispensável. Embora um pouquinho lúdico.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s