2º Período Nacional

Material da disciplina:

Literatura Brasileira 2º Período Nacional
UFPA – Capanema – Julho de 2018

A) Material completo da disciplina: Download.
(Capa, ementa, referências, objetivos, cronograma, etc.)

B) Materiais para os seminários:
O romance regionalista de 30

Todos os grupos deverão ler o texto:
BUENO, Luís. Os três tempos do romance de 30. Download.

Grupo 1 – Graciliano Ramos – São Bernardo e Vidas Secas

Cronograma de São Bernardo.

CALEGARI, Lizandro Carlos; HAISKI , Vanderléia de Andrade. A perspectiva crítica em Rachel de Queiroz e em Graciliano Ramos. Download.

QUELHAS, Iza. O enigma da chama: autor, leitura e leitor em São Bernardo, de Graciliano Ramos. Download.
MARQUES, G. Geografias do drama humano: leituras do espaço em São Bernardo, de Graciliano Ramos, e Pedro Páramo, de Juan Rulfo. Download.

PATTO, Maria Helena Souza.O mundo coberto de penas: Família e utopia em Vidas secas. Download.
BOTOSO, Altamir. Opressores e oprimidos: uma leitura do romance Vidas secas, de Graciliano Ramos. Download.

Grupo 2 – Raquel de Queirós – O quinze e Memorial de Maria Moira

GOMES, Carlos Magno. A aula de alteridade em O quinze. Download.
CALEGARI, Lizandro Carlos; HAISKI , Vanderléia de Andrade. A perspectiva crítica em Rachel de Queiroz e em Graciliano Ramos. Download.

MEDEIROS, Lígia Regina Calado de. A metonímia do corpo em conceição de O quinze. Download.

PAGANUCCI, Jeanne Cristina Barbosa; FREITAS, Zilda Oliveira (Orientadora). Rachel de Queiroz e autoria feminina leitura literária e leitura cultural. Download.

COQUEIRO, Wilma dos Santos. As Metáforas da sociedade patriarcal no romance de Rachel de Queiroz: o percurso da narradora protagonista Maria Moura. Download.

Grupo 3 – José Lins do Rêgo – Menino de engenho e Fogo morto

DUARTE, Mariana. MENINO DE ENGENHO, USINA E FOGO MORTO: Uma proposta de trilogia para os romances de José Lins do Rêgo. Download.
SANTOS, Enoque Bernardo. Carlos de Melo vai à escola. Download.
MARQUES, Helton. Ficção, História e Memória em Menino de engenho, de José Lins do Rego. Download.

SILVA, Mirian Cardoso; COQUEIRO, Wilma dos Santos. A representação da mulher na sociedade patriarcal do século XIX: uma leitura de “Fogo Morto”. Download.

Albuquerque Júnior, Durval Muniz de. De Fogo Morto: mudança social e crise dos padrões tradicionais de masculinidade no nordeste do começo do século XX. Download.

Grupo 4 – Jorge Amado – Jubiabá e A Monte de Quincas Berro D’água

ORLANDINI, Giovani Buffon. Engajamento Literário em Jubiabá: o horizonte político da classe trabalhadora na posição ideológica do narrador. Download .
BRIGNONI, Bianca. O ABC do negro em Jorge Amado: Jubiabá e Tenda dos Milagres. Download.
Roéfero, Marilani Soares Vanalli. “Jorge Amado e a consciência discursiva em A Morte e A Morte de Quincas Berro D’água” Download.
Fonseca, Marisilvia Aparecida. A pluralidade cultural em A Morte de Quincas Berro D’água. Download.

Grupo 5 – Érico Veríssimo – Incidente em Antares e Caminhos Cruzados

SILVA, Márcia Ivana de Lima e. O fantástico e a censura: Incidente em Antares de Erico Verissimo. Download.
TORRES, Daniela Freitas; SANTOS, Elaine dos. História, Literatura e Ditadura: o caso João Paz em Incidente em Antares. Download.

SCHEFFEL, Marcos. Da janela do Clarimundo: a condição do intelectual em Érico Verissimo. Download.
SANTOS, Donizeth. A técnica narrativa do contraponto no romance Caminhos Cruzados, de Erico Verissimo. Download.

Sobre o Despropósito

Comentário ao meu romance Em Despropósito, feito pela escritora Conceição Maciel, de Capanema-PA.

 

Após ler “em despropósito (mixórdia)” do escritor Abílio Pacheco, sinto-me motivada a escrever algo sobre este surpreendente romance. Como o próprio nome sugere, uma mistura de fatos ou acontecimentos oportunos ou não. Alguém falou que a obra é uma salada, realmente tenho que concordar, “em despropósito ” é uma deliciosa salada, a melhor que já havia experimentado, com sabores que prendem a atenção e inspiram na busca por descobrir seus ingredientes. O romance é basicamente uma mistura de sentimentos e acontecimentos que tumultuam a vida de um homem, refletindo em sua vida amorosa. O autor entra sucintamente na questão sobre as mortes de trabalhadores rurais em Eldorado dos Carajás e descreve Marabá com a autoridade de quem já morou ou mora lá. Percebo a obra centrada na figura da mulher, uma confusão, uma profusão de mulheres que mexem com aquele homem que guarda em si mágoas, rancores de um passado que não passa, que permanece vivo em cada pedacinho dele, mas o mesmo ser que o encanta e o leva ao paraíso, é o mesmo que o leva ao inferno e é o mesmo que dar sentido à sua vida e faz dela uma mixórdia de sentimentos que vai do ódio à ternura e o prazer da paternidade até a desgraça de se descobrir |||||||||||||||||||||||||||, seu grande amor. A obra se assemelha à uma tragédia, como a de Édipo Rei com um final surpreendente. #RECOMENDO

comentariodesproposito