Quem sou

perfil 2020

Sou professor universitário de Literatura da Universidade Federal do Pará – Campus de Bragança.

Terminei recentemente o Doutorado em Teoria e História Literária na UNICAMP, com orientação do Professor Dr. Márcio Seligmann-Silva. Fiz estágio Sanduíche na Universidade Livre de Berlin nos semestres de Verão 2015 e Inverno 2015/16, sob a supervisão/orientação da Professora Doutora Suzanne Klengel.

Para saber mais sobre minha atuação na área acadêmica, veja meu currículo na plataforma lattes, meu perfil público na UFPA e meu perfil da rede social de pesquisadores.

Tenho alguns livros publicados. Alguns poemas e contos foram publicados em sites, blogs, revistas virtuais, livros e antologias.

Recebi algumas outorgas resultantes de concursos literários, sendo a mais importante delas o 1º lugar ‘Estilo Moderno’ no IX Concurso Nacional de Poesias – Irene Santini, organizado pela Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande, quando eu tinha 17 anos e a premiação que meu pequeno Canto Peregrino a Jerusalém Celeste recebeu em Portugal, na década passada.

Também atuei/atuo como editor. Tendo organizado algumas antologias, atuado na edição de vários livros individuais para a Editora Literacidade e alguns poucos para a Editora Pará.grafo. Entre outras publicações.

Além disso, sou treineiro em Artes Visuais. Tendo participado de uma exposição coletiva em 2019, na Galeria Vitória Barros, em Marabá, concluído algumas obras avulsas e ministrado oficina e disciplinas na área.

Redes sociais:

Perfil no Facebook (lotado), página no Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin.

Abilio Pacheco

98 respostas para “Quem sou”

  1. Olá Professor,

    Quanto tempo!? Estarei no lançamento do seu livro em Marabá. Talvez participe também da Antologia. Mas… me diga!? Como é que você nessa crise tá organizando antologia e por um valor tão baixo? Tá querendo abrir falência? (risos)

    Depois me conta a receita,

    Ex-aluno do Salomé Carvalho

    Curtir

  2. Estamos fundando a Academia Castanhalense de Letras – ACL. Temos a pretenção de participar do JIRAU com diversos outros escritores de Castanhal – nos encontraremos lá.

    Vc tem sorte, trabalhar com literatura em Bragança deve ser espetacular.

    Curtir

  3. Abilio Pacheco, eu diria, é um fenômeno literário. Desde que conheci seus primeiros passos na arte das letras e da poesia, descobri um valor de tamanha grandesa neste homem… Amigo, companheiro, pai e sabedoria.

    Até tentei seguir seus passos. Mas não consegui acompanhá-lo, tamanha era a pressa e a vontade de mostrar para o mundo o seu valor… não apenas um valor das coisas materiais, mas sim, mostrar que poderia ser, como um discípulo: transmitindo a verdade do sucesso para quem puder lhe ouvir… parabéns meu irmãozinho e que Deus jamais feche os olhos pra você… fica com Deus!

    Curtir

  4. Admiro o Abílio desde os primórdios das Letras/97 em Marabá. Ele é realmente um excelente escritor e um cara super crítico sobre tudo.
    Ainda não tive o prazer de ter em mãos seu novo livro(Mas no próximo mês ele estará em minhas mãos), mas mesmo sem ler, sei de que se trata de uma obra-prima, porque o Abílio é um hiper e mega escritor e poeta.
    Faço votos de que ele esteja sempre na ativa e nos presentei com seus versos profundos e com suas histórias magníficas.
    Abílio, Parabéns pelas grandes conquistas!
    Força Sempre!

    Curtir

  5. Tenho impressão que tudo o que tenho pra falar sobre Abílio é óbvio demais, por isso preferi me esconder na obscuridade de um poema feito pra ele. Segue-o

    `A guisa de Pre-face

    Mãos arcaicas
    tecem o tempo labor maduro
    Perdura a guia a voz silente
    movido o tempo move à terra
    Vozes prometidas
    entre os charcos entre os páramos
    Supernova Estrela de Davi Estrela da Manhã
    Fendidas
    Mãos arcaicas por vozes prometidas
    Move à terra
    Move a terra.

    Tânia Sarmento-Pantoja
    Belém, (por ocasião de seu livro inédito baseado em parte no Salmo 137, em 21.01.08)

    Curtir

  6. Tive o prazer de conhecer o Abílio no curso de Pós graduação em educação para as relações etnico-raciais (IFPA) e apesar do pouco tempo que tivemos juntos, posso afirmar sem medo de errar que ele é um excelente profissional, carismático, inteligentíssimo e que sabe como nos despertar o interesse pelas letras (por mais que não gostemos muito delas como é o meu caso…RS).
    Só posso dizer que foi muito bom nosso compartilhar de conhecimento e espero que nos encontremos pelas “academias” da vida…
    Grande abraço!
    Vivian Viana

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s