Aula de Geografia

Aula de geografia (*)
Para Bertolina, Carminha e Julia Furtado

 

ando por sobre a neve admirado e pensativo
e estanco ereto rente à borda da calçada,
é perto de meio dia, faz um sol claro e sem calor
minha sombra estende-se pelo calçamento

quando eu estudava o primário preferia aulas sobre
terceiro mundo, luta proletária, campesinato…
e pouco me atraiam aquelas sobre zênite ou equinócio
coisas que aprendi, mas pouco me fazem algum eco

sobre minha sombra e meu pensamento
um morador de rua passa em direção à lixeira
as garrafas que recolhe pagarão seu almoço,
há pobreza e fome mesmo no primeiro mundo

olho a sombra de minha cabeça ao longe:
zênite e equinócio aqui não são como na amazônia
mas os sons das garrafas falam que há fome
e pobreza – aqui, na amazônia ou em alhures

(*) Escrito em Berlin

Por Abilio Pacheco