abilio pacheco

professor de literatura (ufpa), escritor e revisor de textos

Archive for the ‘ll – prosa poética’ Category

Mulher: Verônica

Posted by Abilio Pacheco em 5 de março de 2013

Para homenagear as mulheres por ocasião do dia oito de março que se aproxima, resolvi retirar das gavetas esta prosa poética que faz parte de um projetinho de livro nascido após a leitura de As cidade invisíveis, de Ítalo Calvino. A ideia: cada texto teria um nome de mulher com letra inicial diferente. Eis a letra “v”.


Verônica

Conheci Verônica numa noite de sábado já passada a meia-noite, portanto domingo eu deveria dizer. Não digo. Leia o resto deste post »

Posted in ll - prosa poética | 1 Comment »

Minha alma disporei em Cantos

Posted by Abilio Pacheco em 5 de janeiro de 2013

Minha alma disporei em cantos

Abilio Pacheco

Publicado em: Revista do Difere – ISSN 2179 6505, v. 2, n. 3, ago/2012 [www.artificios.ufpa.br/Artigos/Exes%20abilio.pdf]

Quando sigo por estas ruas, ouço a voz e a voz do poeta. A voz dos versos do mesmo modo como “retinem nos ouvidos pás e gritos”[1] e a voz do próprio pagão ora “imerso nas coisas deste e dos outros mundos”[2], ora caminhando ao meu lado na Velha Marabá.

Não sei o que me levou aquele fim de manhã para a rua Sete de Junho e de lá caminhei meio ao léu até a Bartolomeu Igreja. E a Cidade Velha era-me este espaço morto como uma língua morta. Era-me um espaço de memória de outros, mas – não sei como – de mim. Como o latim, o Núcleo Pioneiro e seus bairros – “Santa Rosa, Jureminha, Alto-do-Bode, Cabelo Seco”[3] – eram-me completely unheimlich. Reconhecidamente íntimo. Externamente familiar. Leia o resto deste post »

Posted in ll - prosa poética | 1 Comment »