108 anos de Marabá – homenagem da Unifesspa

O professor Francisco Ribeiro, Reitor da UNIFESSPA (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará) – onde ora trabalho – escreveu este texto alusivo ao aniversário de Marabá e o papel da IES no contexto da cidade e a da região de abrangência.Eu resolvi trazer o texto para cá, porque… porque sim.

108 anos de Marabá, o Ensino Superior e a Unifesspa

No aniversário de 108 anos de Marabá, não poderíamos deixar de refletir sobre a colaboração da universidade pública para esta cidade-polo do nosso estado. O Ensino Superior, em Marabá, é parte importante da história da cidade.
Esta que é a cidade polo das regiões sul e sudeste do Pará por suas atividades produtivas, pela capacidade de atração do fluxo migratório, pelas belezas naturais, entre outros aspectos, tem se destacado também como uma referência no campo da Educação Superior.
A Unifesspa, criada em 2013, deu um salto significativo na oferta de vagas e na diversificação da formação nesta região de abrangência. Hoje, são 42 cursos de graduação e 12 cursos de pós-graduação, distribuídos em seis cidades.
Ao longo desse período, formamos 3.302 alunos nas mais diversas áreas do conhecimento. Na Pós-graduação, formamos 201 mestres, profissionais esses que têm participado ativamente da construção história de Marabá.
O contexto de atuação desses profissionais ainda é o de uma região de contrastes, com um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, mesmo sendo a maior província mineral do planeta e possuindo um dos maiores rebanhos de bovinos do Brasil.
Diante desses desafios, a Unifesspa tem a responsabilidade de construir novos caminhos que levem ao desenvolvimento social, econômico e sustentável para Marabá e sua região de influência. E essa cidade, que abriga a sede da nossa universidade, também tem participado fortemente desse processo de amadurecimento institucional.
Dessa maneira, a Unifesspa compromete-se com Marabá a permanecer atenta às realidades locais, a fortalecer e aperfeiçoar o ensino nas salas de aula, a produção de conhecimento científico, acreditando que a ciência promovida pela universidade pública pode e deve transformar para melhor a vida das pessoas, de suas comunidades, de sua cidade e do país.
Viva Marabá!
Texto de Francisco Ribeiro, reitor da Unifesspa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s