Memorial da America Latina

Memorial da América Latina

“Suor, sangue e pobreza marcaram a história desta América Latina tão desarticulada e oprimida. Agora urge reajustá-la num monobloco intocável, capaz de fazê-la independente e feliz.” Oscar Niemeyer

A mão em concreto cru tem sete metros de altura e na palma a imagem da América Latina em esmalte sintético faz lembrar sangue escorrendo. Embora ela seja a imagem que temos do Memorial, ela é uma parte de um grande complexo arquitetônico. Sugiro uma visita virtual no site do Memorial.
A visita ao memorial foi incidental, a estação de metrô da Barra Funda era apenas um entreposto para carona. Sobrava-me uma hora até a chegada do transporte. Numa dessas felizes coincidências, eu estava exatamente com a camisa do evento do grupo de pesquisa com a ‘mão’ envolvida pela imagem de um rolo de filme.