abilio pacheco

professor de literatura (ufpa), escritor e revisor de textos

Em desproposito (deguste)

Posted by Abilio Pacheco em 9 de fevereiro de 2013

em despropósito

divulgação capa

Em despropósito (mixórdia)

Abilio Pacheco

Capítulo I

Parti de Marabá rumo a Belém num ônibus das 22 horas que saiu quase meia-noite.

Muitas das histórias desse trecho, tão repetido por mim, são pouco agradáveis de se contar. Delas, das genéricas, pouco ou nada devo explanar aqui; apenas digo ser devido a elas eu não costumar dormir antes de chegar a Jacundá. Quem tem costume nestas plagas sabe que entre uma e outra cidade a distância é de 150 km, cerca de hora e meia, e, no permeio, duas paradas: a primeira em Morada Nova, ainda Marabá, mas a 12 km da sede do município, ou antes, a 12 km da ponte sobre o Rio Tocantins. A segunda parada é em Nova Ipixuna, onde minha alma gêmea, Irma, morou – como ela diz – um curto-longo tempo, intermináveis cento e dois contados dias. Lá nos conhecemos e namoramos de início…

Páginas do romance para download e leitura

Compre seu exemplar na livraria virtual da Editora Literacidade.

8 Respostas to “Em desproposito (deguste)”

  1. […] Universitário de Literatura (UFPA-Bragança). Autor do romance “Em Despropósito (mixórdia)”, do livro de poemas “Canto Peregrino a Jerusalém celeste”, ambos pela Editora LiteraCidade. […]

  2. Helenice said

    Abílio, o sucesso já está no próprio registro de uma ideia. Ainda é melhor se essa ideia é uma história que está nas muitas histórias de tantas gentes. E essa história agora é de sua criação. Parabéns. Sucesso.

  3. Caro Abílio, li os dois capítulos e acredito que seu livro vai ser um sucesso, já fiquei com vontade de saber o restante.
    Não poderei estar presente no lançamento mas desejo-lhe muito sucesso amigo escritor.
    Parabéns!
    Saudações literárias.

    There Válio

  4. Maria Cristina Vianna Kuntz said

    Prezado Abílio
    Gostei muito dod início do romance. Fiquei curiosa e devo dizer que seu estilo (écriture) me cativou… Parabéns! O romance promete. Nãoa poderei ir ao lançamento,mas me diga como poderei adquiri-lo aqui em São Paulo.
    Desejo sucesso! abr.
    Cristina Kuntz (Profa. Literatura Francesa PUC-SP-Cogeae)

  5. Antonio Quaresma de Sousa Filho said

    Nobre Abílio. Me deleitei com os dois capítulos que disponibilizastes. Portanto, no anseio de ter acesso aos demais, estarei no lançamento de seu livro, onde o parabenizarei pessoalmente. Até lá.

  6. Cristiney said

    Não entendo de literatura, pois sou das biológicas, mas percebe-se que é um bom trabalho, feito com muito esmero. Deixa com aquele gosto de quero mais. Parabéns!

  7. Abilio vc esta sempre me supreendendo com seus feitos literarios. Parabens amigo, muito sucesso para vc querido.

    Regina Mercia- Novo Horizonte-SP

  8. Ricardo Steil said

    Nobre irmão das letras, Abílio Pacheco,

    De forma simples expresso minha opinião sobre generosa obra do amigo:

    Poema em linha reta. Regalo para os amantes de uma boa estória. Tudo que posso dizer destes dois preciosos capítulos que li de: em despropósito, colocando seu autor no mesmo patamar dos mestres Mamede Gilford de Meneses e Jorge Luis Borges.

    Parabenizo-o,

    Att

    Ricardo Steil

    (Escritor, poeta, dramaturgo, compositor e crítico de cinema)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: