Mosaico primevo

MOSAICO PRIMEVO

Para Abílio Pacheco

Minha palavra é minha busca.
Escrevo em transe, em ironia colorida…
Garatujo!
Esgaratavato!
Tecer versos é
Derramar
Ferir
Talhar
Lapidar
Mineralizar
Palavras amortalhadas…
Num latido e em vários latidos…
Nessa escribaria
Desliza e invade a poesia
Que arrasta o meu corpo torto,
Misturado aos insetos burocráticos,
Bibliófilos, alfarrábicos que nunca se fartam
De papéis, cartas, revistas, jornais…
Poesia telhada em série sérias,
E nos grãos de pólen gozados
Nas entranhas desse Mosaico primevo.

 

Valéria V. Valle

Uma resposta para “Mosaico primevo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s