abilio pacheco

professor de literatura (ufpa), escritor e revisor de textos

Memórias de Março

Posted by Abilio Pacheco em 12 de dezembro de 2011

Memórias de Março

Abilio Pacheco

Quando amanheço… leito manso e lento
Nesta manhã sob este sol silente
A cidade desperta calmamente
Ao meu olhar atônito e em tormento.

Uma canoa tangida pelo vento
Com as lembranças da última enchente
Em mim desliza e a cidade sente,
À margem, nos degraus, um leve alento.

Mas a tristeza morre neste instante
Quando, no Pontal, o Itacaiúnas
Vem, farto de canoas, desaguar…

E sou, portanto, este olhar brilhante
Cheio de lembranças, de botos, de buiúnas…
Que corre lento assim de encontro ao mar…

In: Pacheco, Abilio. Mosaico Primevo. Belém: Ed. do autor. 2008. pág. 30.

Anúncios

2 Respostas to “Memórias de Março”

  1. Boa noite Poeta, andei enviando um convite para uma edição especial em suas páginas de nossa Acaemia, porém , creio que o seu e-mail mudou, então passei em seus espaço aqui , e levei alguns poemas, foram editados neste Link:
    http://www.avspe.eti.br/AvspePoetas2012/AbilioPacheco.htm

    Com admiração,Efigênia Coutinho

  2. Nossa que MARAVILHA.. QUE MARAVILHA ABILIO PACHECO. PARABÉNS… QUEM ME DERAM TER ESSE TALENTO MARAVILHOSO.. SOU SE FÃ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: