abilio pacheco

professor de literatura (ufpa), escritor e revisor de textos

poemia abilio pacheco

Posted by Abilio Pacheco em 3 de novembro de 2010

Poemia
poemas bêbados, ébrios, etílicos.

poemia abilio pacheco.pdf

6 Respostas to “poemia abilio pacheco”

  1. Simone said

    Poe mia
    Sempre em meu coracao

    Simone Guimarães

  2. Tic-tac
    tic tac

    uma obra que absorve o leitor a sentar-se com a noite para conhecê-la no seu âmago ébrio.

    Adorei, caro companheiro do poema dia

    Uma vénia sentida,

    Gavine Rubro,
    http://www.célularubra.blogspot.com

  3. […] em gráfica, posto que outros dois já haviam sido mal prelados: um em impressora jato de tinta (poemia) e outro em xerox (vago mar – sob […]

  4. […] em gráfica, posto que outros dois já haviam sido mal prelados: um em impressora jato de tinta (poemia) e outro em xerox (vago mar – sob […]

  5. Diego Araújo da Rosa Pereira said

    Adoro poemas curtos.
    Tenho dois prediletos.
    Um deles: “Sentou-se, no ônibus, ao lado de um deconhecido/ E foram felizes para sempre”.

  6. LEOMARIA said

    ABÍLIO, QUERIA MUITO SABER QUEM ERA ESTA NOITE.ABRAÇOS…………

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: