abilio pacheco

professor de literatura (ufpa), escritor e revisor de textos

BENTO BRUNO NO GASÔMETRO

Posted by Abilio Pacheco em 27 de outubro de 2010

Poesia de Bruno de Menezes volta ao palco

Teatro do Gasômetro recebe, nesta quarta, apresentação especial do espetáculo “Bento Bruno”

Tambores e metáforas se unem no palco para celebrar um dos maiores nomes das letras produzidas no Pará. O teatro Gasômetro, no Parque da Residência, recebe nesta quarta, dia 27, a partir das 19h, sessão especial do espetáculo “Bento Bruno”, de Carlos Correia Santos. A entrada é franca. Montado pelo grupo cênico da Casa da Linguagem, com direção de Ástrea de Lucena e Leonel Ferreira, a peça celebra a vida e a poesia de Bruno de Menezes, apontado como um dos introdutores do Modernismo na Amazônia. A encenação é toda pontuada pelo grupo de percussionistas da Fundação Curro Velho. Na trama, a trajetória biográfica e artística de Bruno é conduzida pelos quatro elementos: o fogo, a terra, a água e o ar.

Levar para o palco traços, aspectos e preciosidades sobre a vida e a obra de grandes nomes da nossa cultura significa contribuir para que a arte das cenas cumpra seu principal papel: o de fazer ver. Na origem do termo, teatro (teatrium) quer dizer “lugar de ver”. Assim, a Memória aplaude quando as cortinas se abrem para espetáculos que fazem platéias verem melhor a herança criativa de grandes artistas. Nos últimos anos, tem ganhado força em todo o mundo um nicho narrativo chamado Dramaturgia Histórico-Investigativa. Um gênero que se dedica a reinterpretar importantes biografias através do cinema, da televisão e do teatro. Exemplos notórios disso são trabalhos como o premiado filme “Piaf”, inspirado na trajetória da cantora francesa Edith Piaf, a minissérie global “JK”, sobre o Presidente Juscelino Kubistchek, e diversos espetáculos teatrais, como “Chanel”, montagem baseada na trajetória da célebre estilista Coco Chanel e protagonizada por Marília Pêra.

Investigação histórica – Desde 2003, o dramaturgo paraense Carlos Correia Santos tem apostado na Dramaturgia Histórico-Investigativa como ferramenta destinada a dar maior conhecimento e reconhecimento para nomes fundamentais do patrimônio cultural nortista. Dentro deste segmento, o autor criou premiados espetáculos, como “Nu Nery” (inspirado na vida e obra do poeta e pintor Ismael Nery), “Julio Irá Voar” (obra dedicada ao legado do inventor Julio Cezar Ribeiro de Souza) e “Theodoro” (montagem baseada na biografia do pintor Theodoro Braga), dentre outros.

O novo capítulo desta jornada se chama “Bento Bruno”. Especialmente escrito para o grupo cênico da Casa da Linguagem, o espetáculo mergulha no fantástico legado do poeta Bruno de Menezes. Apontado como um dos primeiros autores brasileiros a apostar na criação de uma poesia de raiz efetiva negra, tido como um dos introdutores do Modernismo na Amazônia, pioneiro na defesa de causas sociais e ideológicas como a doutrina do cooperativismo, Bruno parece ter nascido bento. Um artista ungido para quebrar barreiras e unir classes sociais.

De origem humilde, quase um autodidata, o escritor fundou grupos artísticos populares como a Academia dos Novos e a Academia do Peixe Frito (que se reunia em plena feira do Ver o Peso), mas também chegou ao posto de Presidente da Academia Paraense de Letras e foi consagrado como um dos maiores folcloristas do país. Em “Bento Bruno”, o que se vê em cena é uma tentativa poética de passear por todas as referências que alimentaram esse importante pensador. Sob as luzes do palco, uma grande celebração para tentar descobrir: o que benze um poeta? As águas da pureza de sua infância? O fogo da ousadia que surge em toda juventude? Os ares da modernidade que sopram no rumo do futuro? Ou as raízes que vêm de sua terra natal? Esperemos tocar a terceira campa para descobrir.

Serviço: BENTO BRUNO, de Carlos Correia Santos. Com Grupo Cênico do Curro Velho. Direção Astreia Lucena e Leonel Ferreira. Nesta quarta, às 19h, no Teatro do Gasômetro, no Parque da Residência. Entrada franca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: