Obsessão

Obsessão

Abilio Pacheco

Passou a campanha toda falando do outro. O que havia feito. O que poderia ter feito. Promessas não cumpridas. Propostas de campanha.

Havia outros oponentes, mas importava-se mesmo com aquele um.

Foi votar. Posou para foto diante da urna. Pensou como o oponente estaria na outra zona. Imaginou-o. Apertou o número do outro. Como os eleitores do adversário iriam vê-lo na urna? Ia rir na cara dele, quando aproximaram a câmera para filmarem o momento do voto ao som de confirmar.

Sorriu e confirmou.

18 comentários

  1. Boa tarde, prof. Abílio Pacheco.

    É com grande entusuasmo, que digo minha opinião sobre seu texto.
    Gostaria de fazer críticas correcivas, mas percebo que ainda não
    tenho tal habilidade, e apenas admiro cada vez mais seu talento literário.

    É impressionante como o sr. vê, analisa e repassa essa imagem realista.

    Até nosso próximo encontro em sala de aula.

    Curtir

  2. Nunca vi uma eleição
    com tanta indiferença.
    Sem garra, sem emoção,
    sem esperança, sem crença.

    Como façoo parte da espécie de animal político/social, não posso ficar tão indiferença, embora minha crença não seja diferente da maioria eternamente enganada.

    VOTO PARA MUDAR.

    Abrir a mente do povo
    para a participação
    planejar um Brasil novo
    com justa libertação.
    Sem o jugo do poder
    que ‘a plebe só dá migalha
    o povo vai defender
    direito de quem trabalha.
    Ninguém aqui quer favor,
    quer emprego e liberdade.
    Escola, paz e amor
    para ter prosperidade.
    Gostando ou não de leitura
    dá um livro de presente.
    Esse gesto de ternura
    pode aducar muita gente.
    No período eleitoral
    ninguém quer demagogia
    e sim, proposta formal
    respeito ‘a democracia.
    Quem tiver a ficha suja,
    é melhor nem concorrer,
    evitando que não surja
    a certeza de perder.
    O ficha limpa também,
    terá oportunidade
    de ser tratado tão bem
    pela sua comunidade.
    Se aprovar um bom projeto
    em prol da população,
    do povo terá o afeto,
    certeza de reeleição.
    Um abraço e bom voto
    Rufino almeida.
    (Fotógrafo, Poeta, Escritor e Triatleta)

    Curtir

  3. Bom dia Abílio,

    Tu não deves saber mas eu sempre divulgo os emails que recebo de ti.
    Acho maravilhoso o trabalho que tens feito e espero que a Literatura seja, realmente, mais difundida em nosso Parazão!

    Abraços,

    Paula Rolim
    Ex-aluna Turismo do IFPA

    Curtir

  4. NÃO SOU EXPERT EM COMPUTAÇÃO, PORTANTO NÃO SEI COMO VOTAR. EU DEPENDO MUITO DE MEU NETO DE 13 ANOS DE IDADE, ATÉ PARA MANDAR POESIAS PARA AS REVISTAS ELETRONICAS POREM, A PEQUENA PARTE DO TEXTO QUE LI, JÁ VI QUE É COISA BOA. GOSTARIA DE LER OS COMPLEMENTOS PARA ANALISAR E EMITIR UMA OPINIÃO. MAS COMO É DO NOSSO QUERIDO ABILIO PACHECO… SÓ PODE SER COISA BOA, NÃO ESQUECENDO QUE O HOMEM É UM ANIMAL POLITICO, DEPENDE DOS POLITICOS, RESPIRA POLITICA, E POR AÍ VAI………..

    Curtir

  5. Prezado Abilio,
    Boa Noite!

    Parabenizo-lhe pela sua grande competência e ensinamentos, principalmente na área Literária.E achei muito interessante o mini-conto.
    Abraços.
    Edilson Leão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s